Close

Sobre Patriotismo e Pertencimento

Por Rossana Andriola

Nem todos lembram a data, mas no dia 22 de Abril comemoramos o descobrimento do país. Em tempos de lava jato, violência e incompreensão talvez muitos de nós tenhamos dificuldades de se orgulhar e até de suscitar patriotismo. Embora não esteja muito presente em nossa realidade, o patriotismo pode ser algo importante tanto para uma nação quanto para o ser humano individualmente.

Entende-se por patriotismo o sentimento de orgulho, amor e devoção pela pátria, mas ele é mais que isso. Ele se relaciona à sensação de pertencimento inerente ao ser humano. Somos seres sociais, para tanto, necessitamos nos sentirmos pertencentes a algo. Esse sentimento é importante em termos de identificação quanto proteção. Já dizia a célebre frase “o todo é mais do que a soma de todas as partes” e, nesse caso, talvez seja um ótimo resumo.

Pertencer nos orienta, fortalece a crença de que somos merecedores de algo, nos dá referências. Sentir-se parte de algo, faz com que formemos nossa identidade, estabeleçamos conexões, e até nos sintamos aceitos.

Em um momento no qual o pensamento encontra-se polarizado, é difícil nos sentirmos em uma pátria só, é difícil nos sentirmos unidos e pertencentes. Mas é preciso buscar este sentimento, é recomendável ir à procura de grupos e pessoas que estejam em consonância com nossas atitudes e valores, bem como daqueles que possam nos oferecer um bom contraponto. É preciso tolerar, é preciso participar, é saudável pertencer.