Dia das Mães: parabéns às mulheres capazes de mudar o mundo!

Por

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

O período de vida que engloba o nascimento até os seis anos de idade é chamado de primeira infância. Cada vez mais são realizados estudos sobre a importância da relação mãe-bebê (ou cuidadores-bebê) nesta fase da vida. Uma pesquisa conduzida nos Estados Unidos, o programa Perry Project Preschool, comprova que cada dólar investido na formação das crianças nesta fase gera um retorno para a sociedade de 9 dólares no longo prazo.

Uma das principais características desse programa é gerar um maior envolvimento das famílias na formação e educação dos seus filhos. Essa interação é tão poderosa e determinante que o cuidado parental está relacionado não apenas ao desenvolvimento socioemocional das crianças, mas também aos aspectos cognitivos.

O comportamento antissocial que surge na infância está relacionado com capacidades intelectuais subdesenvolvidas e, principalmente, com o pouco envolvimento dos pais com os filhos durante os primeiros anos de vida. Promover este envolvimento eleva o desenvolvimento intelectual das crianças, aumenta o nível de escolaridade e desempenho profissional e reduz os níveis de criminalidade. Ou seja, muda a sociedade!

Inspirado na ideia “quando você dá atenção ao começo da história, ela pode mudar por inteiro” o documentário “O começo da vida” fala sobre a importância dos primeiros anos de vida para formar indivíduos mais saudáveis e melhores e o – fundamental – papel da mãe nesta construção. Vale assistir!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter
Fechar Menu