Close

Alimentação Natural

Por Alice Bayer Monteiro

Você ja parou pra pensar em como está a qualidade da sua alimentação?

A base da sua dieta são alimentos naturais ou você tem comido basicamente pães e bolachas?

Precisamos refletir sobre isso. Com o ritmo de vida atual as pessoas tem menos tempo. Às vezes é difícil até mesmo ir ao mercado, quem dirá preparar suas refeições. Conclusão: a estratégia mais comum é optar por produtos prontos e fáceis, como congelados, lanches rápidos, sanduíches, bolachas, barras de cereais.


ALIMENTOS X PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

Alimentos devem ser vistos como os produtos que a natureza nos oferece, íntegros, minimamente processados, naturais. São as frutas, vegetais, legumes, cereais integrais (integrais mesmo!), carnes, leguminosas (feijão, lentilha,…), oleaginosas (castanhas, nozes,…), leite. Produtos alimentícios são àqueles feitos pela indústria, que tem uma receita: pães, bolos, massas, bolachas, salgadinhos, barrinhas, bebidas prontas açúcaradas. Devemos sempre optar por ALIMENTOS que trarão benefícios à saúde, recheados de NUTRIENTES e não fazer a base da dieta com produtos cheios de conservantes, açúcar e gordura hidrogenada.

Vamos comparar duas refeições:

OPÇÃO 1: pão com frios e suco de caixinha.

OPÇÃO 2: leite com aveia e banana.

Quanto à calorias, carboidratos, proteínas e gorduras elas são parecidas. Mas com relação à vitaminas e minerais são muito diferentes! E tem ainda os aditivos químicos, como corantes, conservantes, antioxidantes, realçadores de sabor, antiumectantes e estabilizantes. E ainda a quantidade de sódio, que é usado pelos fabricantes como um conservante.


RÓTULOS

Estamos cheios de informações sobre alimentação saudável. E sempre tem aquela dica de ler o rótulo dos alimentos, onde podem ser consultadas as calorias, fibras, gorduras e sódio. Isso realmente é importante. Mas muito relevante também é verificar a lista de ingredientes dos alimentos. Se tiver muitos ingredientes com nomes desconhecidos, é preciso fazer consumo eventual!

As normas de rotulagem de alimentos também são muito abrangentes, o que pode confundir o consumidor. Então existem bolachas e pães que dizem ser integrais mas que tem só farinha branca, barrinha de cereal que praticamente é só açúcar, aveia com açúcar, cereais matinais “saudáveis” totalmente desprezíveis, massa miojo “integral” que é frita.

Uma das normas de rotulagem que funciona bem é que os alimentos precisam vir listados em ordem de quantidade decrescente. O primeiro ingrediente é o que tem em mais quantidade e vai diminuindo. Assim podemos ver se o alimento tem mais farinha integral do que branca ou se tem muito açúcar, por exemplo.

Pense no que você e sua família estão comendo, no que tem dentro daquela receita. Priorize sempre alimentos naturais, íntegros, que a natureza nos oferece com excelência. Alimentação de qualidade é saúde, pra viver mais tempo com quem amamos.